Passar para o Conteúdo Principal

Santa Casa da
Misericórdia

Vila do Conde

Desde 1510 ao serviço da Comunidade.

SCMVC presente no 13º Congresso Nacional das Misericórdias

20190209 150206  1 900 500
11 Fevereiro 2019

SCMVC presente no 13º Congresso Nacional das Misericórdias

Entre os dias 7 e 10 de Fevereiro de 2019, decorreu em Albufeira o 13º Congresso Nacional das Misericórdia, subordinado ao tema “Rigor, Compromisso e Missão”, com cerca de 700 congressistas.

A Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde fez-se representar, de modo a inteirar-se dos novos desafios económicos e políticos que os tempos atuais demandam das Instituições Particulares de Solidariedade Social e mais concretamente das Misericórdias.
O Sr. Dr. Manuel de Lemos, Presidente da União das Misericórdias Portuguesas, no discurso de abertura, deu o mote ao considerar que só por demagogia “o papel do setor social, em geral, e das Misericórdias, em especial, seja outro que não o de cooperar com o Estado” mais realçando que” as Misericórdias nem são concorrenciais com o Estado, nem o setor social é um ramo do setor privado”.
Ao longo destes três dias, as Misericórdias Portuguesas reafirmaram mais uma vez a sua forte determinação de permanecerem unidas à volta da sua União, que consideram peça fundamental e estruturante para a defesa dos seus valores e cumprimento da sua missão e registaram de forma positiva a reafirmação do governo, através da palavra do Dr. José António da Fonseca Vieira da Silva, Ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, dirigida ao Congresso, de que as Misericórdias têm uma natureza distinta do Setor Público e do Setor Privado e não são concorrenciais com o Estado.
Em tempos de conjuntura política adversa para a valorização do papel das Misericórdias, estas palavras mereceram unânime aplauso de todos os presentes.
Realce-se a presença como oradores nos diversos painéis de insignes representantes das mais diversas áreas sociais, politicas e da saúde, com especial enfoque para a oração de sapiência do atual Ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social e a sessão de encerramento que foi presidida pelo Exmo. Sr. Presidente da República Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa.

O Exmo. Senhor Presidente da República, Professor Doutor Marcelo Rebelo de Sousa valorizou o trabalho do setor social para a democracia, considerando o papel das Misericórdias insubstituível.