Passar para o Conteúdo Principal

Santa Casa da
Misericórdia

Vila do Conde

Desde 1510 ao serviço da Comunidade.

Neuropsicologia: o que é e para que serve

Neuropsychology 1 1 900 500
02 Abril 2019

Neuropsicologia: o que é e para que serve

Começa a sentir que se esquece de objetos ou acontecimentos que anteriormente conseguia facilmente recordar-se? Tem dificuldades em permanecer concentrado nas tarefas? O seu raciocínio parece-lhe mais lento que habitualmente?

A Neuropsicologia é uma ciência que procura avaliar e caracterizar o funcionamento cognitivo, emocional e/ou comportamental do indivíduo.
A Consulta de Neuropsicologia tem por objetivo a prevenção, o diagnóstico e a reabilitação das alterações cognitivas, emocionais e/ou comportamentais decorrentes de lesão/disfunção neurológica e/ou do desenvolvimento normativo.

A avaliação neuropsicológica é um meio complementar de diagnóstico que consiste na aplicação de testes neuropsicológicos e escalas funcionais e comportamentais, com o objetivo de avaliar diferentes funções cognitivas, tais como a memória, a atenção, a linguagem, o raciocínio e funções executivas, comparando os resultados obtidos com aqueles que são esperados em indivíduos com a mesma idade e escolaridade. Trata-se de uma forma de avaliação psicológica que procura identificar em que medida diferentes áreas de funcionamento cerebral podem encontrar-se comprometidas ou preservadas.

A consulta de Neuropsicologia Clínica é indicada em situações, tais como:

  • Doenças neurodegenerativas (ex. Doença de Alzheimer, Degeneração FrontoTemporal, Doença de Parkinson, Demência de Corpos de Lewy)
  • Lesões Encefálicas Adquiridas (ex. Acidente Vascular Cerebral, Traumatismos Cranioencefálicos, Tumores Cerebrais)
  • Perturbações do foro psiquiátrico (ex. depressão, Doença afetiva bipolar)
  • Doenças neuroimunológicas (ex. Esclerose múltipla, Neuromielite óptica, Encefalites autoimunes) e doenças autoimunes sistémicas (Lupus Eritematoso Sistémico, Síndrome do anticorpo antifosfolípideo, Síndrome de Sjogren)
  • Epilepsia
  • Doenças genéticas (ex. Doença de Huntington, Doença de Wilson, Polineuropatia amiloidótica familiar)
  • Perturbações do neurodesenvolvimento (ex.: Perturbações de aprendizagem, Perturbações do Espectro do Autismo, Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção)
  • Presença de sintomas específicos (ex. problemas de memória, dificuldades de concentração, perturbação do sono, dificuldades na realização das tarefas diárias…)
  • Avaliação do efeito de intervenções realizadas (terapêutica farmacológica; reabilitação neuropsicológica; neurocirurgias, …)
  • entre outras.


A deteção precoce das alterações cognitivas, emocionais e comportamentais decorrentes de quadros de origem neurológica permite retardar a evolução dos sintomas e maximizar a eficácia das intervenções.


Na Unidade de Saúde desta Santa Casa pode marcar a sua consulta de Neuropsicologia
com a especialista Dr.ª Maria Inês Dias Moreira (Neuropsicóloga Clínica)