Passar para o Conteúdo Principal

Santa Casa da
Misericórdia

Vila do Conde

Desde 1510 ao serviço da Comunidade.

30º Aniversário do Lar de Terceira Idade – 1 de Junho de 2019

P1040191 1 900 500
30 Junho 2019

30º Aniversário do Lar de Terceira Idade – 1 de Junho de 2019


«Deus quer, o homem sonha, a obra nasce»

Considerada na altura “a maior Obra Social do Século”, em 1986 o Jornal Voz do Ave noticiou o “início das obras de terraplanagem para a construção do «Lar de Terceira Idade da Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde». Obra há muito desejada…Muitos vila-condenses que de momento se encontram em desconfortáveis condições de isolamento e de amparo esperavam há muito esta notícia…”.

Como referiu o geriatra Prof. Ciucca na altura, “a obra de Vila do Conde será como Fátima – toda a gente a irá procurar!”.
Em 1989, o sonho ganhou forma e nasceu o Lar de Terceira Idade, pelas mãos “de quem tão desinteressada e cristãmente procura servir dentro do espírito da Santa Casa de Misericórdia” (in Jornal Voz do Ave, 1986).

A 1 de junho deste ano, o Lar de Terceira Idade comemorou o seu 30º Aniversário e as comemorações tiveram início com uma Celebração Eucarística. A Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde congregou, à Volta da Mesa da Palavra e da Eucaristia, em ação de graças, os seus Órgãos Sociais, Irmãos, Beneméritos, Utentes, Familiares, Colaboradores e Amigos, para comemorarem os 30 anos de existência deste Lar de Terceira Idade. Para este momento, procurámos recordar e convidar todos aqueles que direta e indiretamente estiveram e estão próximos deste Equipamento Social desde os seus primórdios. A eucaristia foi presidida pelo Reverendíssimo Padre José Gonçalves que agraciou o momento com as suas palavras. Contou com um coro composto por colaboradores do Centro e com a participação ativa de utentes e colaboradores em diversos momentos. No momento do ofertório, procurámos oferecer a nossa gratidão e a nossa promessa de continuidade, fazendo uma alusão às flores e ao seu crescimento. O sorriso, a paz e o amor, que hoje recebemos das pessoas para quem trabalhamos e nos dedicamos são o resultado de um cuidado humanizado, cujas raízes firmes contribuíram para a edificação deste Lar, tal como uma flor num vaso que foi regada, adubada e ganhou raízes fortes e trouxe sorriso, paz e amor a quem a colheu. No final da eucaristia, enaltecemos de forma simbólica o trabalho levado a cabo pelo Sr Provedor e por todos quantos edificaram esta obra. A oferta ao Sr Provedor de uma Sagrada Família simboliza para além da sua família biológica, esta grande família que o Sr Provedor criou, cuidou e continua a cuidar e a quem continuamente estende os seus braços e o seu coração sempre que deles necessitam.

Terminada esta celebração, foi oferecido um almoço festivo a todos os utentes e convidados presentes e foram sopradas as velas em comemoração deste 30º Aniversário. Alguns dos convidados presentes proferiram algumas palavras alusivas à comemoração, recordando pessoas e experiências passadas. Escutar aqueles convidados faz-nos perceber o que a 31 de julho de 1996, o Jornal “O Comércio do Porto” referia: “A Instituição apoia-se num grupo de pessoas cujo dinamismo, voluntariado e humanismo lhe tem dado ação, prestígio e credibilidade suficientes para que a comunidade nela deposite toda a sua confiança”.

Volvidos 30 anos, nunca é de mais agradecer:
- Ao Sr Provedor, pelo facto de ter transformado o seu sonho numa obra que ganhou vida e uma nova forma de amor ao próximo. Há trinta anos atrás, um jornal da época procurou traçar o “Perfil de um Gigante”. Esse “Gigante” era o Sr Provedor. O autor acrescentava que “também podemos considerar gigante aquele que não o é em estatura, mas que revela sê-lo nos atos que pratica. Está neste caso o Eng. Arlindo Maia que, sendo embora de estatura média, tem demonstrado ser um grande homem, em caráter e em trabalho. A sua independência económica como empresário da construção civil, conseguiu-a à custa de muito esforço, elevada dose de espírito de sacrifício e de dignidade.” “…foi ele o grande impulsionador da construção do Lar de Idosos e de todo um complexo que faz deste a obra social do século da sua terra. À obra se entregou com apaixonada devoção, sem outro objetivo que não fosse servir os mais carenciados.” Obrigado Sr. Provedor pelo seu enorme coração capaz de amar não só a sua família, como também o próximo e a própria vida, pois somente quem serve amando poderá compreender a força da concretização dos sonhos.

- Aos Órgãos Sociais e a todos aqueles que acompanharam o Sr Provedor no cumprimento desta nobre missão – ajudar o próximo;

- À Sr.ª D.ª Laura Maia por todo o carinho, apoio e afeto que nos tem dedicado ao longo destes 30 anos;

- A todos os utentes e familiares por nos permitirem fazer parte da sua história de vida e juntos trabalharmos em prol desta família;

- A todos os amigos, beneméritos e parceiros por caminharem ao nosso lado. Só com o apoio e união de todos é que conseguimos concretizar esta obra que nos acolhe de braços abertos;

- Aos nossos colaboradores por colocarem as suas mãos, os seus ouvidos, o seu coração ao serviço dos que mais necessitam e serem capazes de amenizar o sofrimento e proporcionar o conforto necessário nesta nova etapa do desenvolvimento da vida humana;

Parabéns a este Equipamento Social - Lar de Terceira Idade, que nos tem demonstrado que o seu sonho é “rosa-dos-ventos, Infante, caravela quinhentista, que é cabo da Boa Esperança”, capaz de nos transportar para um porto seguro de humanidade.


imagem imagem