Passar para o Conteúdo Principal

Santa Casa da
Misericórdia

Vila do Conde

Desde 1510 ao serviço da Comunidade.

3º Campeonato da Europa de ParaHóquei EHF – Amesterdão 2017 | Portugal Bi-Campeão Europeu

Fullsizerender 1 900 500
25 Agosto 2017

3º Campeonato da Europa de ParaHóquei EHF – Amesterdão 2017
PORTUGAL BI-CAMPEÃO EUROPEU



A Seleção Nacional Portuguesa FPH/ANDDI sagrou-se pela segunda vez consecutiva campeã europeia na modalidade desportiva de ParaHóquei, para jogadores com Deficiência Intelectual.


No primeiro dia de competição, foi avaliado o nível das equipas e efetuado o respetivo enquadramento no quadro competitivo. A equipa portuguesa confirmou e cimentou de uma forma categórica e indiscutível o seu posicionamento no Grupo de Elite, tendo alcançado o total de cinco vitórias em seis jogos realizados, num sistema de confronto direto a “duas mãos”. A seleção das “quinas” derrotou por duas vezes a seleção espanhola, por duas vezes a seleção holandesa e somente por uma vez a seleção italiana. Porém, o domínio e controlo da equipa portuguesa foi praticamente total, pois venceu a seleção espanhola por 5-0, a holandesa por igual marca e a italiana por 3-0.

No segundo dia de competição realizou-se a fase de grupos, o desempenho e as prestações das equipas foram semelhantes. Os “pupilos” do técnico português Hugo Santos voltaram a somar cinco vitórias, mas foram novamente derrotados pelos italianos no segundo jogo, aumentando ainda mais a “tensão” competitiva e a espectativa para a grande finalíssima.

No terceiro e último dia de competição, realizou-se a final do Campeonato da Europa de ParaHóquei no Wagener Stadium, em Amesterdão, entre Portugal e a Itália. Num jogo muito equilibrado e disputadíssimo, a seleção das “quinas” acabou por sair vitoriosa, com uma vitória suada mas saborosa por 3-2, numa partida memorável e inesquecível para todos os envolvidos. Portugal repetiu o êxito e o sucesso que atingiu em Londres no ano de 2015, tornando-se Bi – Campeão Europeu.

Os técnicos, atletas e demais envolvidos estão de parabéns, porque a repetição do êxito é um retrato fiel do esforço, empenho, dedicação e entrega de todos.
De destacar, a participação ativa do atleta Joaquim Pereira da Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde (SCMVC) que voltou a representar a Instituição e o país com competência, dedicação e orgulho.

A Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde (SCMVC) felicita a seleção portuguesa e, em particular, o seu atleta Joaquim Pereira, pelo contributo no resultado alcançado, com a garantia de que o seu atleta nunca “caminhará” sozinho.

Publicado em: Jornal Vilacondense, RenovaçãoA Voz da Póvoa, Mais Semanário, Rádio Onda Viva, Terras do Ave

imagem
imagem